Conversas diárias de uma "menina mulher" sobre problemas femininos, amoros e dificuldades e consequências de suas escolhas.

17
Abr 12

"Vai passar", ela disse e eu retruquei como se possuisse toda a certeza do mundo, "não, não vai". E se passasse assim seria porque não a amo de verdade, seria porque foi por brincadeira, foi paixão que dá e passa, mas, com toda a certeza do meu coração eu voltei a afimar, não, não passa. E você se pega no meio madrugada ouvindo músicas que sempre achou estranhas só porque faz sentido para ela, imaginando que talvez ache os sentidos que a fizeram desistir. E você tenta escrever, pensa em ligar, desiste, ela odeia ser acordada no meio da noite decide manda um SMS, mas sabe que não terá resposta que talvez ela se quer irá ler. Você se pega pensando besteira, imagina sua morte como se isso fosse trazê-la para perto, fica se imaginando muito doente e quem sabe ganhando a compaixão dela, mas nada acontece e você definha, se entristece, chora, fica enjoada. No provavel fim todo o seu medo vem à tona, suas tristezas e as melhores lembranças. Estou nessa situação, mas vou amar, amar até não poder mais, amar até que tudo volte para o seu devido lugar e ai, amar mais. Masoquismo? Não sei, mas, definitivamente, não passa.

publicado por girandoarenda às 15:48
sinto-me:
música: Onde está o meu amor? (RPM)

Bem eu acredito que tudo passa mesmo que na hora o sentimento seja de dor eterna, uma hora passa

bjos
Taty a 18 de Novembro de 2012 às 02:28

Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

15
16
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


arquivos
2012

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO